O quê?

Através do ofício circular Nº 16-2018, o SENASICA informa aos operadores/produtores orgânicos que desejam que suas mercadorias agroalimentares geradas em território mexicano adquiram a distinção de serem orgânicas que eles deverão certificar-se nos termos da Lei de Produtos Orgânicos, cumprindo assim a regulamentação mexicana aplicável, independentemente do destino final dos produtos envolvidos, e de contarem com alguma outra certificação oficial ou privada que cheguem a possuir enquanto tais. Estabelecendo como prazo máximo 120 dias consecutivos contados a partir de 27 de agosto de 2018.

Quando é adequado?

A Kiwa BCS México obtém sua aprovação como organismo de certificação perante o Serviço Nacional de Saúde, Segurança e Qualidade Agroalimentar (SENASICA) para colaborar com a avaliação de conformidade nas seguintes áreas: 

  • Produção vegetal 
  • Produção vegetal de colheita silvestre
  • Produção animal (domésticos) 
  • Produção animal de ecossistemas naturais ou não domésticos
  • Produção animal classe insecta
  • Produção classe fungi
  • Processamento de produtos das atividades agropecuárias
  • Comercialização de produtos das atividades agropecuárias

A Kiwa BCS Öko-Garantie tem mais de 25 anos de experiência na certificação orgânica. Em 1992, a BCS se tornou o primeiro órgão certificador alemão registrado nos termos do Regulamento sobre produção e rotulagem de produtos orgânicos da União Europeia (CEE). Desde então, a Kiwa BCS se estabeleceu com força no mercado europeu e fortaleceu bastante sua presença internacional por ter muito boa reputação na maioria dos mercados de destino dos produtos orgânicos, como a UE, os EUA e o Japão. Graças aos seus inúmeros credenciamentos, registros e parcerias, a Kiwa BCS pode fornecer acesso, através de seus serviços, a todos os mercados orgânicos do mundo (Global Organic Market Access).